Publicado em 21/11/2017 às 15:31

Boato sobre cadastro biométrico causa tumulto no Cartório Eleitoral de Dourados

Mesmo sem prazo para o cadastro o atendimento triplicou em dois dias.

João Pires

 

Eleitores superlotaram o prédio do Cartório Eleitoral de Dourados, temendo multa e cancelamento de documentos (Foto - João Pires)

 

Notícia falsa que circula em grupos de whats-app já alguns dias causou colapso no atendimento do Cartório Eleitoral de Dourados. Desde segunda-feira (20) centenas de eleitores formam filas em frente ao prédio localizado no Jardim Londrina, para fazer o cadastro biométrico, temendo  multas de R$ 150,00 e cancelamento de documentos, como anunciado falsamente em textos e vídeos nas redes sociais.

Mesmo sem prazo definido, funcionários realizam o cadastro biométrico em Dourados (Foto - João Pires)

 

A reportagem do Estado Notícias esteve no local hoje (21) às 13 horas e constatou a imensa fila formada no pátio do cartório. “Cheguei aqui às 11 horas e nem quero saber se a notícia é falsa ou não, eu quero é ser atendida”, reclamava a dona de casa Cláudia Marcela.

 

Já no setor de atendimento o tumulto foi ainda maior, devido ao número limitado de funcionários e cadeiras de espera. Como se não bastasse o colapso, um dos aparelhos de ar condicionado ainda apresentou defeito por conta do funcionamento excessivo. “Tem que colocar mais gente para atender, ninguém merece este calor aqui dentro!”, cobrou o aposentado Aldo Pereira.

 

Tumulto em frente em Cartório Eleitoral começou ontem por conta de 'fake news' (Foto - João Pires)

 

A reportagem conversou com o chefe da 18ª Zona Eleitoral, Conrado Rezende. Segundo ele, o cadastro biométrico realmente é obrigatório, por determinação do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), porém, deve ser implantado gradativamente em todos os estados, conforme a demanda.

 

Conrado esclarece ainda que no Mato Grosso do Sul, somente em Campo Grande existe o prazo obrigatório e  mesmo assim o eleitor pode procurar sua Zona Eleitoral até maio de 2018. “Sem multas de R$ 150 pelo não comparecimento”, ressalta.

 

EM DOURADOS NÃO PRECISA

 

Já em Dourados ou outro município do Mato Grosso do Sul, o prazo estipulado para o cadastramento biométrico não interfere em nada nas eleições de outubro de 2018, ou seja, o eleitor não será impedido de votar pelo não comparecimento no cartório Eleitoral. “Mesmo que a pessoa não faça o cadastramento antes das eleições, ela pode procurar o Cartório Eleitoral a partir de novembro do próximo ano, pois encerrando a eleição, abre-se um novo cadastro eleitoral, sem prazos e sem multas”, enfatizou. “Essa determinação de prazo aqui em Dourados não existe, nem por determinação do TSE em nem do TRE”, completou.

 

Notícia falsa gerou colapso no atendimento desde ontem (20) - Foto: João Pires

 

COLAPSO NO ATENDIMENTO

 

Com relação às reclamações dos eleitores que superlotou o Cartório de Eleitoral de Dourados desde ontem, Conrado Rezende explica que a estrutura de atendimento não suporta a demanda que praticamente triplicou em dois dias. “Estamos com uma média de 150 atendimentos por dia, ontem fechamos em aproximadamente 400 pessoas”, afirmou.

 

Ele exemplifica ainda que em Campo Grande, onde realmente é obrigatório, existem 80 cabines disponíveis no Cartório Eleitoral, além de pontos de atendimentos distribuídos nos bairros e órgãos públicos.

 

O QUE É

 

O Cadastro biométrico consiste na captação dos dados dos eleitores, como foto, assinatura e impressões digitais. É um aprimoramento da Justiça, oferecendo maior segurança no momento da votação. Este cadastramento já prevê a emissão documento único que a Justiça Eleitoral pretende implantar nos próximos anos, em tramitação no Congresso, considerando que cadastro eleitoral é muito seguro e nacional, diferente do cadastro dos documentos de identidades que são estaduais.

 

Centenas de pessoas formam fila em frente ao Cartório Eleitoral. localizado no Jardim Londrina (Foto - João Pires)

 

Veja o que diz a notícia ‘fake’:

 

Olha só o que o governo inventou para pegar dinheiro do povo, lançou uma lei para todos os eleitores fazerem a biometria mas não avisou nada para ninguém e o prazo vai até 7/12 quem não fizer vai pagar uma multa de 150,00 enquanto não pagar o seu CPF, RG, habilitação fica suspenso vc não vai poder dirigir nem usar RG nem CPF enquanto não pagar a multa , o prazo para não pagar multa é até 7/12, só que ninguém ta sabendo, vai ser um Deus nos acuda espalhem para o maior numero possível gente.”

 

ASSISTA

 

pizzaria fortaleza
Barbara Ballestero

Há 1 Comentário

  1. Neli Vasconcelos em 21/11/2017 às 20:30

    Penso que o mais viável seria interromper esse cadastramento e esperar a data correta, fazendo assim toda a estrutura necessária para o atendimento ao público.

Deixe o seu comentário

Seu email não será compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com * (asterisco)

Chip Carimbos

estadonoticias.com.br © 2012 Estado Notícias - Todos os direitos reservados.